sexta-feira, 16 de setembro de 2011

"E a partir de agora quero que tudo passe bem devagar, quero sentir o vento e o tempo. Ah, o tempo, que espere em qualquer canto, mas que esteja pronto quando for necessário prosseguir."

bruna lopes abbas

terça-feira, 28 de junho de 2011

"Devaneios que não cessam, fazem de tudo isso, uma paixão."


bruna lopes abbas

quinta-feira, 23 de junho de 2011

"Delicadamente o silêncio consome a noite, logo me recosto, logo o repouso."


bruna lopes abbas

domingo, 19 de junho de 2011

"Quanto tempo devo esperar até que tudo se transforme, até que tudo se torne um, em nós..."


bruna lopes abbas

domingo, 12 de junho de 2011

"Tua ausência que vai ao além, traz as lágrimas que outrora eram de alegria.!"


bruna lopes abbas

terça-feira, 7 de junho de 2011

"..ao acordar, procurar por ti e notar que até o teu perfume se foi..."


bruna lopes abbas

domingo, 5 de junho de 2011

"Nas asas da memória tu permanece constante e assim sinto você bem vivo, pai!"


bruna lopes abbas

sábado, 21 de maio de 2011

"Tu que sonhas, venha e me arrebate para que
eu sonhe contigo.!"

bruna lopes abbas

sexta-feira, 20 de maio de 2011

"Porém o sorriso permanece e tudo ainda pulsa.!"

bruna lopes abbas
"O encanto revelado em teu olhar, em teu sorriso...esse me invade.!"


                                            bruna lopes abbas

quarta-feira, 18 de maio de 2011

"Vontade de não ser silêncio, para que soubesse o quanto tu me fascina."

                                                   bruna lopes abbas

sábado, 14 de maio de 2011

"Vivendo de outono, onde as folhas que caem jamais retornam aos seus galhos."
               
                                    bruna lopes abbas 
"Quero algo grande, tão grande que caiba no meu coração.!"

                                              bruna lopes abbas

quarta-feira, 11 de maio de 2011

"No silêncio de muitas palavras, busco compreender sua alma.!

bruna lopes abbas

sábado, 7 de maio de 2011

"Sua frieza chegou até mim, de forma que assim, também me tornei frio.!"


                                bruna lopes abbas

quinta-feira, 5 de maio de 2011

"Que me tenha por inteiro, que faça amor verdadeiro, que seja sempre.!"

                                                                                                                              bruna lopes abbas              

terça-feira, 3 de maio de 2011

"Intrigante, quase que enlouquecedor, isso é esse tal amor que tanto ouço falar."

bruna lopes abbas

domingo, 1 de maio de 2011

"Nada ficou na lembrança, os momentos foram levados como folhas secas."

bruna lopes abbas

sábado, 30 de abril de 2011

"Sem que eu notasse você cresceu dentro de mim e agora percebo que você me domina."

bruna lopes abbas
"Um dia esse sentimento que arde vai mudar,
e enquanto isso não acontece, eu espero..."

  bruna lopes abbas                        

quinta-feira, 28 de abril de 2011

"Os dias são vividos em silêncio constante."

                                                  bruna lopes abbas

quarta-feira, 27 de abril de 2011

"Numa imensidão sem fim, a beleza se revela em cada detalhe."

                                  bruna lopes abbas

terça-feira, 26 de abril de 2011

   "Nada é como antes, a vida mudou,
os sonhos já        não são os mesmos
a unica coisa que permanece é o desejo de amar."

     bruna lopes abbas

segunda-feira, 25 de abril de 2011

"Os anseios da alma são facilmente substituídos por impulsos do coração."


                                            bruna lopes abbas

quarta-feira, 20 de abril de 2011

"Aquilo que é constante, um elo indestrutível, refúgio inigualável, assim se faz nós."


                                           bruna lopes abbas

terça-feira, 19 de abril de 2011

"Nunca sabemos o certo, apenas seguimos por caminhos desconhecidos."


                       bruna lopes abbas
"Não olho nos teus olhos por medo de não me encontrar em você."


                                                       bruna lopes abbas

segunda-feira, 18 de abril de 2011

"Nem mais, tão pouco menos, apenas o tanto necessário para curar a dor."


                                       bruna lopes abbas

domingo, 17 de abril de 2011

"Não há resposta do por que esperamos tanto daquilo que é incerto."


                                  bruna lopes abbas

sábado, 16 de abril de 2011

"A ignorância que nos consome, é como uma venda nos olhos, que nos impede de enxergar aquilo que há de mais importante."


                                                                              bruna lopes abbas

sexta-feira, 15 de abril de 2011

"Poderia até ser, mas a alma fala mais alto que o coração."


                          bruna lopes abbas

quinta-feira, 14 de abril de 2011

"Quero que fale,se for preciso que grite,
não quero entender seu silêncio."



 bruna lopes abbas                          

quarta-feira, 13 de abril de 2011

"Desentendimento entre mente e coração
algo constante que perturba a alma."




                                 bruna lopes abbas

terça-feira, 12 de abril de 2011

"O tempo vai passando lentamente e quase não percebo que gosto de você cada dia mais."




                                                                                          bruna lopes abbas
"Sofrendo sem sentido, correndo riscos
   apenas pelo amor.
Que coisa insana."


          bruna lopes abbas

segunda-feira, 11 de abril de 2011

                                 "Idéias
embaraçadas,
                palavras que não
           se encaixam
                          não sei mais
    onde chegar,
                 se é que ainda existe
                                       um alvo."


                                                 bruna lopes abbas

domingo, 10 de abril de 2011

             "Um sim, um não
destino incerto que nos rodeia.
   Tudo depende do tempo."


                               bruna lopes abbas

sábado, 9 de abril de 2011

"Quem sabe um dia tudo volte ao normal,
quem sabe você volte a sorrir pra mim,
quem sabe um dia eu te tenho de volta."


                      bruna lopes abbas

sexta-feira, 8 de abril de 2011

"Quanto tempo se passou e o corpo permaneceu, a alma, porém, viajou."


                         bruna lopes abbas

quinta-feira, 7 de abril de 2011

"Aqui ou ali, pertinho ou bem distante, o importante é ter você."


                                                    bruna lopes abbas

quarta-feira, 6 de abril de 2011

"Mentiras vão sendo soltas e razões encobertas, a ironia reina."

                                                  
                      bruna lopes abbas
"E aquilo que há entre nós, aquilo que nos impede de prosseguir, isso me incomoda e dói."   




                                                                                      bruna lopes abbas

segunda-feira, 4 de abril de 2011

A dúvida acaba, o desespero adormece e assim há um recomeço.



                          bruna lopes abbas

domingo, 3 de abril de 2011

"E cada coisa dita vai sendo levada pela brisa,
                                           nada permanece,
 são todas palavras em vão."




                                                    bruna lopes abbas
"Detentor de encantos, de amores
beleza esplêndida que me consome.
Quero esse céu para mim!"




                         bruna lopes abbas

sexta-feira, 1 de abril de 2011

"Sendo o amor tão frágil, por que somos tão arrogantes?"





                                                                                                             bruna lopes abbas
                    "Faltam-me palavras para distinguir os sentimentos,
     me procuro e não encontro,
                                      acho que me perdi dentro de ti."
                               




                                                   bruna lopes abbas

Dias Iguais (nikaelle santos fraga)

"Os dias costumavam começar leve, a brisa do ventilador tocando gentilmente minha pele. De repente o susto das obrigações e o automático abrir de olhos. Então tudo começa outra vez. 
Entre um afazer e outro a tecnologia furta uns minutos de atenção e a senhora preguiça me lembra de como é bom cultivar nosso velho ócio.
Lá pelas tantas da tarde é hora de colocar os pés no chão. Medo, insatisfação, insegurança, esperança, paixão, desespero, força, fragilidade, solidão, uma mistura obscura que se acalenta entre as frestas do cérebro.
A penumbra da noite cai como uma mão pesada, e a confusão dá espaço para a tristeza que não sofre do mal de ter alguém.
Outra vez se fecha os olhos para que nove horas mais tarde comece tudo outra vez." 


                                                 nikaelle santos fraga
"Sinto frio e me recordo de outros tempos,
tempos em que o calor de teu corpo me aquecia 
e agora essa nostalgia que me invade me faz lembrar que
o que antes era real, hoje é só saudade."






                                                 bruna lopes abbas
"Um desconforto, uma tristeza
    insanidade total
apenas sintomas da solidão."






                                    bruna lopes abbas

quarta-feira, 30 de março de 2011

'Mudando, mudando...
vou perdendo os sentidos
vou tendo delírios 
mas existe algo bem real,
o amor que sinto por você.'


                                  
                                                             bruna lopes abbas
     'Pobre poeta, vive sem amor, sem esperança de amar
                            passando chuva e sol
        passando a vida em seus olhos nos últimos minutos,
 vida essa que não viveu apenas sofreu e chorou e não resta nada.
                               É o fim do poeta.'




                                                                    bruna lopes abbas
'Sorriso perante tristeza
 tudo para parecer forte
 tudo para mentir sobre mim
 tudo para não admitir que
                                 te amo.'




                                     bruna lopes abbas

terça-feira, 29 de março de 2011

                       'Fecho os olhos para enxergar aquele momento
   em que seus lábios selaram os meus
                elevando a frequência do meu coração
me fazendo esquecer tudo
        e agora me fazendo pensar em você.'




                                                       bruna lopes abbas
 'Caso eu desapareça,
    saiba que o amor não cessa tão rápido
e enquanto você arder no meu peito,
                                   serei ausente.'

                             
                                            bruna lopes abbas
    'As lembranças são vagas
e o seu perfume permanece no ar,
          um delírio talvez.'




                                       bruna lopes abbas
'A sua presença nos meus dias se tornou necessária.'




                                      bruna lopes abbas

segunda-feira, 28 de março de 2011

'Se eu pudesse acalentar sua dor
 e se para isso a minha aumente
  então morrerei em silêncio 
    só para ver seu sorriso.


                                    bruna lopes abbas